Acajatuba Lodge

Prezada Suzilene,

Gostei da cidade de Manaus e mais ainda da estada no hotel de selva.
Os passeios foram excelentes e o nosso guia (Crishna) foi 100%, explicando tudo com detalhes e contando histórias da região, o que tornou a viagem muito agradável.
Entretanto, é necessário registrar que houveram várias falhas essenciais e inadmissíveis, acredito que todas de responsabilidade do Hotel Acajatuba, as quais comento as principais, a seguir.

1) Ficou claro que a administração do hotel é péssima, pois faltaram itens de primeira necessidade para a alimentação nos últimos dias, ao ponto do cozinheiro se desculpar conosco (só tinhamos abacaxi e laranja no café da manhã, nem sequer pão, torrada ou biscoito), dizendo que tinha boa vontade, mas não davam condições para ele trabalhar. Isso pega MUITO mal.

2) Entre outros itens básicos, faltou inclusive diesel para o gerador, que na última noite foi desligado em torno das 20 hs, sem dar tempo ao menos de escovarmos os dentes. Saliente-se que o gerador vinha sendo desligado várias vezes durante o dia (sem aviso prévio), pois precisamos carregar celular e pilhas recarregáveis para a máquina fotográfica e tivemos dificuldade. Portanto, a informação de que teriamos energia das 06:00 as 20:00hs, não procede.

3) Também percebe-se que não há o cuidado devido com o meio ambiente como supomos deveria haver, evidenciados por lixo (latas de refrigerante, sacos plásticos, restos de construção) “esquecido” bem próximo as dependências do hotel, visíveis da recepção, restaurante, quartos,… .

4) O item TRANSPORTE também deixou MUITO a desejar. Na ida já houve atraso para busca no hotel, até tolerável. Na volta passamos o maior “stress” e quase perco o vôo. Saímos do Hotel Acajatuba por volta de 11:00hs, de barco, e fomos até o cruzamento da estrada, aonde chegamos por volta de 13:00hs. Nesse local, supostamente, haveria um carro esperando por nós. Após mais de uma hora de espera (não tinha nenhum telefone do pessoal do Acajatuba, pois fiz o pacote pela Viverde) telefonei para o Ricardo da Viverde que tentou nos ajudar. Resumindo, o carro chegou (com um motorista que nos relatou que estava de férias e foi chamado às pressas naquela manhã), chegamos na balsa (15:10hs) e tinha uma fila enorme, nos colocaram numa voadeira e informaram que teria um motorisa esperando na chegada da estação, que também não estava lá. Após 10 min., quando já estávamos embarcando em um táxi, o motorista chegou e me deixou no aeroporto às 15:50 e, por muita sorte ainda embarquei no vôo 1975 da GOL que decolou pontualmente às 16:10hs.

É uma pena que um passeio tão bonito tenha terminado dessa forma.
Sugiro à Agência Viverde, que trabalha com vários hotéis, que averigüe se estes fatos aconteceram exclusivamente conosco ou se realmente o hotel tem sido, no mínimo, negligente com os hóspedes. De qualquer forma, o ocorrido caracteriza a falta de profissionalismo do responsável pelo empreendimento.

Embora o Hotel Acajatuba seja muito agradável, não recomendo na atual situação a estadia no mesmo, para evitar aborrecimentos em plenas férias, quando não deveríamos ter preocupações.

Atenciosamente,

Simone Rosa.

Ariaú Towers / Hotel Tropical / Hotel Saint Paul / Encontro das Águas

Prezado Ricardo,

Gostariamos de agradecer a sua assistencia, durante a nossa estada em Manaus.
Todos os produtos utilizados, por nos, no Amazonas (Ariaú, Tropical Ecoresort, Saint Paul e do passeio pelo Encontro das águas ) e da cidade de Manaus
corresponderam, plenamente, às expectativas.
Foram momentos inesqueciveis e maravilhosos. Tivemos excelência de qualidade em todos os atendimentos realizados.
Parabéns e muito obrigado pelo profissionalismo de todos vocês.
Assim que puder enviarei algumas fotos, ok??
Um abraço,

Jose Barreto e Neyle Maia.

Tiwa Amazonas

Riccardo,

Quando uma pessoa chega de tão longe nao pode saber o que um passeio incluide. Eu imaginava que a guia fosse importante, que fosse dificil chegar no lugar e que não poderia fazer isso sozinho.
Imaginava que os botos estavano livre no rio e difficile para ver, não que o lugar é um pequeno “zologico” onde tamebem pagei o bilethe.
A visita vale a pena: os botos sao maravilhosos, mas asho o prezo (que foi soamente do passagem) muito caro, e parece um aproveintar da ingenuidade do turista.

Nao quero excluir o pedaço do meu comentário, se você quer pode especificar de jeito mais claro que o passeio foi realizado a parte e não com a Viveverde. Se uma pessoa vai chegar no Tiwa assim pode saber que o passeio pelo boto pode ser feito sem a ajuda do hotel pegando um taxi da Manaus: se uma familia o due casales vão de taxi ou de onibus com certeza vao economizar muito denaro. Os serviços são bem-vindos, ganhar tambem é coisa boa pelo hotel e pela amazonia toda, mas acho que este passeio pode ser venduto com mais onesta, ganhando tambem o que o hotel precisa sem aproveitar.

O meu comentário é isso, desculpe.

Sobre a Viverde sou muito feliz do servicos, da disponibilidade, da flexibilidade em relação com o problema de pagamento e o problema de saúde que tive e que foi resolvido sem problema nenhum.

A próxima vez que voltar em Manaus com certeza vou ligar para vocês.

Muito obrigado.

Andrea

Hotel Saint Paul / Juma Lodge

Muito bem, agora que já estou quase esquecendo de ter ido ao Amazonas, a não ser pela corzinha que peguei e as mais de 400 fotografias que estou tentando processar e organizar, posso agradecer as informações e reservas. Aliás já recomendei a Viverde para quem perguntou.

O Juma Lodge atendeu tanto minhas espectativas que prorroguei minha estadia mais um dia. Quanto às acomodações, atenção dos funcionários, guia, transporte e comida foi tudo muito bom.
Já o mau humor dos recepcionistas e a falta de informações turísticas do Saint Paul me surpreenderam. Mas nada que tenha atrapalhado a minha permanência.

Sabe Ricardo o que atrapalhou? foram os finais de semana e o feriado. Somente consegui visitar um único museu pois eles têm um horário impossível – sem dizer que os dois pontos de informação ao turista que ficam no centro ficam fechados tb.
Pode ser que vc. tenha me avisado em alguma das tuas mensagens mas para mim foi uma surpresa.
Foi ótimo o festival de teatro no Teatro Amazonas (fui todas as noites) e os bonecos do SESI (consegui ir no sábado assim o temporal de domingo não atrapalhou).
Fotografias verei se alguma ficou especialmente do meu agrado e mando posteriormente.

Espero poder voltar em época de cheia do rio para conhecer uma outra versão dessa maravilha.

Grata novamente pela ajuda
Ágata

Anavilhanas Lodge / Hotel Saint Paul / Hotel Park Suites

Oi Ricardo,
Adoramos a viagem! Obrigada pela ajuda!
O Anavilhanas Lodge é bem especial, confortável, simpático, serviço nativo muito satisfatório, acho que eles estão começando e a tendência é só melhorar, eles podem melhorar muito no quesito comida, o café da manhã poderia ter mais opções de frutas (estamos no amazonas, selva muitos gringos, enfim tropical combina com mais frutas), senti falta de cereais e alguma iguaria local. Mas adorei, foi muito bom, as minhas observações seriam só pra ficar melhor. Pois pra mim comida é um fator importantissimo,guardo recordações dos lugares que fui e da comida.
O Saint Paul é fraco pro meu gosto, os quartos tem as paredes sujas, cheira mal, tem baratas no chão… não ficaria novamente lá, tanto que minha primeira impressao foi ruim, so foi desfeita depois que ficamos no Tropical, que é otimo, café da manhã cheio de comidas típicas, limpo, serviço excelente, vista maravilhosa, enfim vale o custo /beneficio.
O seu serviço foi excelente, se Deus quiser faremos outras viagens, quando vier pra Bahia,
Venha na minha pousada!
Obrigada, um abraço
Sandra