Hotel Saint Paul / Juma Lodge

Estimado señor: recién contesto su mail porque depois de Manaus foi a Porto de Galinhas e tamben a Sao Paulo onde tenho familia. O hotel Juma Lodge, especialmente o guia Juan e o canoeiro Ralf sao expertos do amazonas, muy boa gente a atencoe do hotel muito boa, o hotel Saint Paul tamben muito bom.
Os dois hoteles tem boa comida y o servicio e inmejorable.
Me houbesse gostado que Viverde estivesse mais perto cuando llegué a Manaus.
Agradezco a Viverde os precos que son muito bom.
Muchas gracias
Maria del Carmen

Acajatuba Lodge

Estimado Ricardo:

Quiero que sepas que el lugar que hemos visitado es hermoso pero tuvimos algunas sorpresas no tan agradables.
El Acajatuba no tenía mas pasajeros que nosotros y la pareja de españoles que tu mandaste, era un hotel practicamente abandonado donde el personal hacia lo imposible para disimular que la comida faltaba, que no habia bebidas y que los empleados hacian meses que no cobraban los sueldos. El viaje lo salvo el guia que muy atentamente estuvo con nosotros a nuestra disposicion. la verdad que no creo que ese servicio cueste 100 U$S por dia por pax.

Lo mismo la pasamos bien en compañia de los españoles que eran nuestros compañeros y de la selva que justifico nuestro paseo.

Un abrazo.
Diego

Hotel Century / Encontro das Águas / Presidente Figueiredo / City tours Manaus

Caro Ricardo,

Gostei da viagem. Os guias dos senhores são excelentes, falam fácil e com objetividade. O traslado do aeroporto, na nossa chegada,como deixei consignado, atrasou um pouco, o que não deveria ocorrer, mas os senhores foram muito diligentes no sanar o problema. Na nossa volta o traslado foi 10 (dez). MANAUS é muito importante no turismo brasileiro e precisa ser melhor preparada para isto.
Constato que o pessoal do hotel, o CENTURY, precisa dispensar mais atenção aos hospedes, precisam ser mais profissionais. As instalações deste hotel são excelentes e o pessoal que o administra tem que ser melhor treinado para dar aos hospedes a atenção devida, com mais diligência.
A Amazonas by Viverde se insere dentro das condições ideais que o turismo no Amazonas exige e, por isso, tornaria a utilizar dos seus serviços.

Encontro das águas
City tours
Presidente Figueiredo

Obrigado,

Osvaldo Rosa Filho

Hotel Park Suites

Ola Ricardo,

Desculpe não ter escrito antes mas estou numa correria. Eu fui a Manaus a trabalho.
Da próxima quero ficar num andar alto no Tropical Business, como fiquei, (no caso 13) mas tem que ser no lado par. Fiquei no 1311 e aquele barulho das máquinas lá em baixo é um absurdo. Acho super agradável abrir a janela e sentir a beleza do Rio Negro. Não sei pq fizeram aquelas máquinas naquele local…..

Agradeço muito sua atenção, e retornarei a você brevemente.
Depois te mandarei um comentario bacana para o seu site. Aguarde!!!
obrigada
Lika

Acajatuba Lodge

Prezado Ricardo,

Muito oportuno o seu email, pois já ia enviar um relatando a minha opinião e de minha família. Não tenho reclamações a fazer quanto a empresa Viverde, nem muito menos quanto aos passeios que foram maravilhosos, mas infelizmente não recomendaria o Hotel Acajatuba para ninguém. O que vou relatar aqui, também o fiz de maneira sucinta junto ao próprio hotel:

1- Estavam hospedados lá, cerca de 13 pessoas, e a comida era em pouca quantidade para todos, pois quem chegava por último, muitas vezes não conseguia comer algum tipo de alimento, pois, se acabava, não era feita a reposição. Isso em relação ao café, almoço e janta.
Ex.: Haviam 08 tapiocas no café da manhã para treze hóspedes (esse é só um exemplo)

2- Não havia sucos de frutas no café da manhã, o que é inacreditável num local daqueles.

3- Não houve serviço de recepção, aliás, pude perceber que simplesmente não existe ninguém gerenciando o Hotel, pois tínhamos que ficar procurando alguém para servir uma bebida etc., pois os funcionários sempre estavam jogando baralho e fora do restaurante.

4- No primeiro dia que chegamos, as mesas estavam simplesmente imundas, assim como os copos, pratos, e por duas vezes, por não ter ninguém no restaurante, eu e um turista alemão tivemos que lavar no lavabo os pratos expostos, antes de comer, por simplesmente não ter ninguém no local. Inacreditável, não!!!

5- A comida até que era de boa qualidade, não tiro o mérito do cozinheiro, mas durante os três dias que lá estivemos o cardápio foi o seguinte (tanto no almoço como no jantar): arroz, macarrão, frango, peixe, exatamente as mesmas saladas (cenoura cozida/vagem, tomate, alface e beterraba), e feijão no almoço. Até uma turista alemã que falava alguma coisa em português já estava brincando de advinhar o que seria a refeição.

6- O mirante mencionado na página da internet está desativado, pois a madeira apodreceu, assim como a de alguns chalés e de alguns trechos das passarelas. A lojinha também está desativada (isso é o de menos).

7- Não sei se é um procedimento normal, mas o gerador é desligado às 22 horas, e daí ficamos no escuro.

Isso é o que eu me lembro por enquanto, pois com certeza se fosse mencionar tudo que há de errado lá, o email ficaria maior do que já está.
Ainda bem que os passeios supriram essas deficiências do Hotel, pois o guia Silvio é excelente, e embora não seja funcionário do Hotel, agiu muito melhor que qualquer um, assim como o barqueiro Chiquinho.
Aqui só posso expressar a minha opinião, e espero que os outros hóspedes façam o mesmo junto ao Hotel, pois conversando com todos que lá estavam expressaram a mesma insatisfação, e todos foram unânimes em afirmar que não voltariam lá nem recomendariam o Hotel para mais ninguém, pois ficar num local rústico, em cabanas na selva, não significa que devemos ficar com comida contada, com sujeira e com mal atendimento, pois se assim fosse, não haveria necessidade de pagar 310 dólares por pessoa.
Mas como nem tudo estava perdido, assim que eu tiver um tempo enviarei as fotos dos passeios, pois realmente gostei muito, e isso eu tenho que elogiar.
Como sugestão, sugiro que você visite pessoalmente, e de surpresa, o Hotel Acajatuba ou qualquer outro mencionado por sua empresa, pois assim saberia exatamente o que está sendo oferecido aos turistas e não “queimaria” a imagem da sua empresa.

Um abraço
Martha