Hotel Tropical / Iberostar Grand Amazon

Boa noite Ricardo
Inicialmente obrigado por ter mandado o numero das reservas pois tinha esquecido.
O Hotel Tropical Ecoresort foi uma boa pedida, unico problema estava no ar condicionado dos corredores que não deve ser limpo desde a inauguração O passeio no Iberostar Grand Amazon foi muito bom É interessante para quem gosta de natureza, e eu adoro O atendimento a bordo e os guias são ótimos A cabine muito espaçosa e boa.
Até a proxima
Carlos Henrique

Hotel Saint Paul / Amazon Tupana

Olá, Ricardo.
Adoramos conhecer e vivenciar a selva amazônica.
Sobre o hotel Saint Paul, em Manaus, bastante adequado para nosso perfil, com asseio, eficiência, razoável café da manhã e boas acomodações.
Em relação ao Amazon Tupana Lodge, achamos a localização privilegiadíssima, o aproveitamento paisagístico perfeito e o atendimento dos funcionários foi dedicado ao extremo, especialmente por parte do guia que foi contratado para nos atender (o Nigel) e do mateiro local, o Aprígio. O serviço de busca e leva também foi satisfatório.
Mas o hotel padece de alguns problemas que deixam os hóspedes decepcionados (caso nosso e de um alemão que fez passeios junto conosco), quando não irritados (uma família de cinco pessoas que chegou um dia antes de partirmos).
Existem questões de três ordens, a nosso ver: estrutura, gerenciamento e ética.
ESTRUTURA
1) como o gerador não funciona o tempo todo, quando não há luz elétrica não se consegue usar o banheiro, de tão escuro. Uma iluminação natural poderia ajudar, mas o banheiro não foi projetado pensando nisso;
2) visitamos um dos dois chalés e constatamos que são ótimos, em termos de localização e privacidade. Mas uma parede e o forro da varanda são de compensado, o que desmerece o local;
3) um radiocomunicador resolveria muitos problemas do isolamento local, que interfere no atendimento e até provoca desperdício para o hotel. Um exemplo: quando chegamos houve problema com o barco e ficamos aguardando mais de uma hora sob sol escaldante até que fosse resolvido. Se houvesse o rádio, outro barco poderia ter nos resgatado.
GERENCIAMENTO
1) a alimentação servida foi um dos itens que mais decepcionou os hóspedes. Afinal, quem vai à Amazônia não quer comer frango e carne de boi todo dia, com arroz e feijão, que foi o que nos serviram o tempo todo, com exceção do último dia. A falta de uma culinária regional, principalmente em relação ao peixe, foi queixa de todos. O café da manhã também foi sofrível, principalmente com a ausência de frutas (só melancia, todos os dias);
2) planejamento é o que não vimos por lá. Várias vezes, o barco foi acionado para ir buscar este ou aquele produto que faltava no hotel, incluindo combustível. Duas, até três viagens por dia. Mesmo assim, houve falta imediata de produtos para o hóspede, como a cerveja, que acabou num determinado dia, ou não estava gelada em outro. Por falar em bebidas, a oferta de tipos era precária;
3) os dois melhores espaços comuns do hotel estavam mal-aproveitados. No deck de atracação, que também serve de balneário, havia apenas uma cadeira de madeira, sem guarda-sol nem nada. O privilegiadíssimo deck superior, com vista para o rio, além de mal conservado, é usado como varal para secagem de roupas;
ÉTICA
O que nos deixou também irritados foi o valor dos extras, quando fechamos a conta. A diária do hotel, acreditamos, não é tão irrisória a ponto de ter de ser compensada em outras vendas. Portanto, cobrar R$ 15,00 por uma taça de vinho de terceira linha (um Santa Helena – que aliás já estava aberto -, que custa R$ 15,00 no supermercado) e R$ 2,50 por um minicálice de cachaça 51, é extorsivo. O hotel se desprestigia muito com isso.
É isso, caro Ricardo.
Gostaria que você desse ciência desse relatório ao hotel, cujos donos aliás não apareceram por lá. Tudo isso que contamos a você não tínhamos a quem reclamar. Que nossa crítica seja encarada por eles como construtiva.
Muito obrigado tanto pelo seu pedido de recall, como pela prestação do seu serviço, que para nós foi perfeito.
Atenciosamente,
Susana Zilles e Luiz Padovani

Amazon Clipper Premium

Olá Ricardo,

Embora com tanto atraso ( viajamos no início de abril…) , quero agradecer toda a atenção que você nos deu para que pudéssemos conhecer a Amazônia. Sem o seu apoio, com certeza não teríamos vivido essa bela experiência !

Os passeios pela cidade de Manaus e com o Clipper Premium foram inesquecíveis!

Manaus nos surpreendeu : as pessoas são extremamente acolhedoras, gentis, orgulhosas do patrimônio nacional que representam. E com razão! Apesar do pouco tempo de que dispúnhamos, vimos uma cidade bonita e muito interessante.

Quanto ao Clipper Premium e aos passeios feitos , foram vivências que nunca esqueceremos! É uma realidade bem diferente, mostrando uma das milhares de facetas do nosso Brasil e que vale a pena conhecer. Gostei de ver agora as tantas fotos no blog de sua agência. Através delas, pude relembrar muitos momentos e “ sentir” novamente aquele ambiente ! Vi também muitos lugares e ângulos que não tivemos a oportunidade de conhecer desta vez. Necessariamente fica para uma próxima…

Envio poucas fotos, apenas algumas das que mais nos marcaram: o Peixe-Boi, no criatório do INPA ,de Manaus ; o belíssimo interior do Teatro Amazonas ; os divertidos macaquinhos já habituados ao contato humano (enquanto lhes convém) e, por último, a de um tornado em pleno Rio Negro, o que, pelo que ouvimos, é um fenômeno bastante raro na região.

Sem mais, reforço o nosso muitíssimo obrigado com um abraço
Heidi Stampe, em nome das famílias Zwilling / Stampe

Hotel Saint Paul / Iberostar Grand Amazon

Ricardo
Hola, efectivamente de vuelta al lar.. Santiago nos recibió con mucho frío y con las primeras nevadas en la Cordillera…
Respondiendo a tus consultas debemos decirte que el Crucero Iberostar Grand Amazon fue muy bueno y supero nuestras expectativas destacando las excursiones lideradas por guías muy profesionales, con respecto al Hotel Saint Paul estuvo muy bien fueron muy amables tanto a ida como a la vuelta…
Lo negativo en Manaos fue la falta de información turística ya que cuando llegamos la oficina de turismo del aeropuerto no tenía información y la persona que atendía no sabia español ni ingles y la oficina del centro estaba cerrada por ser dia sabado .
Saludos y muchas gracias por toda tu gestión, la que es 100% recomendable, (las fotos quedan pendientes)
Rossana

Anavilhanas Lodge

Luciana:
We returned home Thursday after spending May 15 – 19 at the Anavilhanas Jungle Lodge.
The visit met or exceeded our expectations in every way. The staff at the lodge was very accommodating and went out of their way to please the guests. The food and food service were excellent, and every buffet offered a great deal of variety. One could “eat Brazilian,” or opt for more Americanized versions of beef, pork, chicken, and pasta. The numerous fish species were all quite good. The soft drinks and alcoholic beverages were reasonably priced, and the price was the same at the bar, in the boat, or in the room mini-bars. This is an area where we feel that some lodges take advantage of their guests.
The guides were friendly and knowledgeable, and both were fluent in English. They handled questions well. Tipping was not really pushed at all, but both guides were clearly appreciative when we gave them some money upon departure. The transfers from our hotel and back to the airport were as advertised and on time.
Everything with Viverde went well, and we were pleased to receive the reduced rate you offered. The credit card prepayment went smoothly. We would certainly recommend Viverde and Anavilhanas Lodge to our friends.
William Verner